Menu fechado
Carregando Eventos

XX RODEIO CRIOULO INTERNACIONAL DO CTG CRIOULOS DO CAVERÁ

7 março - 10 março

XX Rodeio Crioulo Internacional do Caverá
Regulamento dos Concursos Artísticos e Culturais
07 a 10 de março de 2024
CONTATO DEPARTAMENTO ARTÍSTICO:
Fabio Indalêncio – (48) 99633-8408
artistica.cavera.gpt@gmail.com
CAPÍTULO I
DAS FINALIDADES
O regulamento do XX Rodeio Crioulo Internacional do Caverá, Araranguá/SC
tem por objetivo valorizar e preservar as manifestações Artísticas e Culturais do
Regionalismo Gaúcho, premiar os talentos que se destacarem e melhor atenderem
os propósitos deste regulamento.
DAS GENERALIDADES
Todos os concorrentes deverão estar devidamente pilchados, na premiação
não terá essa necessidade.
Os concorrentes que não comparecerem até a segunda chamada no local
solicitado, automaticamente estará desclassificado.
DAS INSCRIÇÕES
As inscrições para todos os concursos artísticos serão gratuitas e deverão
ser realizadas através de um Centro de Tradições Gaúchas ou entidades congêneres,
filiadas ao Movimento Tradicionalista de seu Estado.
As inscrições dos concorrentes implicam na aceitação deste regulamento e
das normas previstas para cada concurso.
A inscrição nos concursos individuais não terá limite de participantes por
entidade em cada modalidade.
DOS PARTICIPANTES E INSCRIÇÕES
Os concursos estarão divididos por categorias, como abaixo:
I – Mirim – até 13 (treze) anos (não pode ter feito 14).
II – Juvenil – até 17 (dezessete) anos (não pode ter feito 18).
III – Adulta – acima de 17 anos
IV – Veterano – mínimo de 30 (trinta) anos.
Qualquer mudança para o bom andamento dos concursos que as Comissões
julgarem necessárias, serão decididas em reunião com os posteiros de cada grupo,
com no mínimo uma hora de antecedência ao início deles.
Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora, sendo soberanas
e irrecorríveis suas decisões.
A Comissão Avaliadora poderá determinar nova apresentação dos concorrentes, se
entenderem necessário para julgamento mais adequado.
Deverão ser apresentadas as Carteirinhas do MTG de seu Estado, antes dos
concorrentes entrarem no palco, AS CARTEIRINHAS DEVEM ESTAR EM DIA E NÃO
SERÃO ACEITAS DECLARAÇÕES.
As inscrições individuais serão aceitas somente com a relação de nomes dos
participantes.
No concurso de Invernadas Artísticas: Mirim, Juvenil, Adulta e Veterana,a ordem
de apresentação será a inversa da inscrição, já a ordem dos individuais será decidida
de forma a dar um bom andamento ao evento. A ORDEM SERÁ DIVULGADA
A N T E C I P A D A M E N T E .
Não será cobrado ingresso de acesso ao Parque de rodeio aos participantes, que
apresentarem a carteirinha do MTG, nem de ônibus que venha trazer os grupos,
somente será cobrado estacionamento para carros particulares.
Caso alguma entidade deseje trocar a ordem de apresentação deve ser
comunicado a organização do evento, mediante a aceitação da outra entidade.
No concurso de Invernadas Artísticas, o grupo que não estiver presente quando
chamado ao palco, perderá 1(um) ponto na média final a cada minuto de atraso.
Havendo uma tolerância de 5 (cinco) minutos da primeira chamada.
As apresentações das Invernadas Artísticas e individuais será, por categoria. Sendo
que todas as categorias individuais: declamação; solista vocal; gaitas, mais prendada
prenda, concurso de dança de salão; dança de invernada individual; serão
apresentadas no sábado dia 0 9 / 0 3 / 2 0 2 4 , já os concursos de danças
Tradicionais e chula, serão apresentadas todos no domingo dia 10/03/2024
As inscrições serão aceitas a partir das 12:00 horas do dia 12 de fevereiro de
2024 (segunda feira), até as 20 horas do dia 03 de M a r ç o de 2022 (domingo),
devendo ser realizadas através do link:
Todos as entidades, devem no ato da inscrição, indicar:
– 1 pessoa responsável pela comunicação entre organização e entidade;
– 1 pessoa responsável para assinar as planilhas dos grupos após a
apresentação;
– 1 pessoa responsável para receber os valores referentes a premiações.
DAS MODALIDADES
As modalidades do XX Rodeio Internacional do Caverá serão as seguintes:
I- Intérprete vocal
II- Declamação
III- Gaita Ponto e Piano
IV- Chula
V-Danças Tradicionais
VI- Danças de Salão
VII- Danças do tropeirismo biriva
VIII- Mais prendada prenda
IX- Danças Tradicionais Individuais
DAS COMISSÕES AVALIADORAS
Os concursos artísticos serão compostos por comissão avaliadora de no
mínimo 3 membros.
As comissões avaliadoras serão pessoas com capacidade reconhecida nos
assuntos para os quais a sua colaboração foi solicitada, cabendo a cada comissão a
escolha de seu presidente.
CAPÍTULO II
DOS CONCURSOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
DO CONCURSO DE INTÉRPRETE VOCAL
O concurso será com modalidades prenda e peão, nas categorias mirim,
juvenil e adulta. Cada concorrente vocalizará uma canção de cunho regionalista
gaúcho de livre escolha.
O concorrente não poderá receber apoio vocal em nenhum momento de sua
apresentação, recomenda-se o acompanhamento de instrumentos característicos da
nossa tradição gaúcha, sendo vedado: bateria, bumbo legueiro, instrumentos
eletrônicos e pedais, sendo vedado o concorrente de cantar a capela.
Comissão Avaliadora concederá pontos de acordo com os seguintes itens:
a) Linha melódica: …….00 a 03 pontos;
b) Afinação:………………00 a 02 pontos;
c) Ritmo:…………………..00 a 01 pontos;
d) Interpretação:…………00 a 03 pontos;
e) Gestualidade:………….00 a 01 pontos.
DO CONCURSO DE DECLAMAÇÃO
O Concurso divide-se em duas modalidades: Peão e Prenda, nas categorias
mirim, juvenil, adulta e veterano.
A poesia será de livre escolha do concorrente dentro do aspecto regionalista
gaúcho.
O concorrente entregará para a comissão avaliadora uma cópia impressa
da poesia para fins de fidelidade ao texto.
A Comissão Avaliadora concederá pontos nos seguintes itens:
a) Interpretação:…………………………00 a 04 pontos;
b) Dicção:…………………………………..00 a 02 pontos;
c) Postura Cênica/ gestualidade:…..00 a 02 pontos;
d) Fidelidade ao texto: …………………00 a 02 pontos.
DO CONCURSO DE GAITAS – PONTO E PIANO
O concurso divide-se em duas modalidades: gaita de botão e gaita piano nas
categorias:
I- até 15 anos;
II. Acima de 16 anos.
O concorrente deverá apresentar uma música de cunho regionalista gaúcho.
A Comissão Avaliadora concederá pontos de acordo com os seguintes itens:
a) Linha melódica: …………..00 a 03 pontos;
b) Técnica de Execução: ….00 a 04 pontos;
c) Ritmo: ………………………..00 a 02 pontos;
d) Dificuldade no arranjo: ..00 a 01 ponto.
DO CONCURSO DE CHULA
O concurso terá 04 categorias:
I. Origens: (1 passo);
II. Mirim: (4 passos);
II. Juvenil: (05 passos);
III. Adulta: (06 passos);
IV. Veterana: (04 passos).
No início de cada categoria a Comissão Avaliadora procederá com os
sorteios das duplas e suas ordens de apresentação.
Cada chuleador poderá fazer figuras de 08(oito), 12(doze) ou 16(dezesseis)
compassos.
A figura efetuada por cada sapateador na parte correspondente ao “desafio”
não poderá ser novamente apresentada.
O sapateador não poderá efetuar figuras de pé quebrado (malambo argentino)
e nem utilizar nas figuras objetos estranhos à dança.
A comissão avaliadora concederá até 10 (dez) pontos por passo baseando-se
nos fatores abaixo:
a) Agilidade do sapateador/execução do passo próximo a lança;
b) Figura de difícil execução;
c) Postura gestual;
d) Criatividade.
Perderá pontos o sapateador que:
a) Tocar na lança: até 02 ponto;
b) Executar passos com imperfeição: até 02 pontos;
c) Descumprir os limites de compassos musicais: até 01 ponto;
d) Iniciar ou encerrar a figura em local incorreto: até 01 ponto;
e) Preenchimento do passo – mascar freio: até 01 ponto;
f) Repetir figuras suas e de seu oponente: 02 pontos;
g) Perda de ritmo: até 1 ponto.
DO CONCURSO DE DANÇAS TRADICIONAIS GAUCHAS
As danças desta modalidade deverão ser apresentadas seguindo como base as
obras editadas pelos pesquisadores João Carlos Paixão Côrtes e Luiz Carlos Barbosa
Lessa, também pela obra do MTG/RS. Cada dança será avaliada de acordo com as
seguintes obras:
– MANUAL DE DANÇAS GAÚCHAS – João Carlos Paixão Côrtes e Barbosa
Lessa: Chimarrita, Pezinho, Caranguejo, Cana-Verde, Maçanico, Quero-Mana, Rilo,
Chote de Duas Damas, Rancheira de Carrerinha, Pau de Fitas, Tirana do Lenço,
Anú, Balaio, Tatú com Volta no Meio, Chimarrita Balão, Pericón, Meia-canha.
– DANÇA GAUCHESCA E A CARTA DE VACARIA – João Carlos Paixão Côrtes
– Considerações.
– DANÇAS TRADICIONAIS RIO-GRANDENSES – ACHEGAS – João Carlos
Paixão Côrtes: Havaneira Marcada, Sarrabalho, Chico Sapateado, Chotes Carreirinho,
Chotes de 7 Voltas, Chote Inglês.
– BAILES E GERAÇÕES DOS BAILARES CAMPESTRES – João Carlos Paixão
Côrtes
– MAIS UM TOQUE E OUTRAS MARCAS DOS ANTIGAMENTE – João Carlos
Paixão Côrtes: Balão Caído, Mazurca Marcada, Queromaninha, Sarna.
– FANDANGUEIOS ORELHANOS – João Carlos Paixão Côrtes: Graxaim,
Valsa da Mão Trocada, Valsa do Passeio.
– FESTOS RURAIS – João Carlos Paixão Côrtes: Mazurca galopeada, Tirana do
Ombro.
– PICOTEIOS & SARACOTEIOS DO FOLK PAMPEANO – João Carlos Paixão
Côrtes: Chote 7 Passos.
-FOLGUEDOS GUASCAS – João Carlos Paixão Côrtes: Chotes Ponta e Taco.
– E “DÊ-LÊ” CHOTES, P A R C E I R O – João Carlos Paixão Côrtes: Chotes
de Par Trocado à Moda Serrana, Chotes de Par Trocado à Moda da Fronteira,
Chotes de Roda à Moda do Litoral, Chotes de Roda à Moda Serrana.
– DE SOSLAIO – João Carlos Paixão Côrtes: Jardineira, Faca Maruja, Chorosa,
Vinte e Quatro.
– DANÇAS INÉDITAS – João Carlos Paixão Côrtes: Mazurca de Carrerinha,
Vanerão Sapateado, Chotes do dedinho.
– DANÇAS TRADICIONAIS GAÚCHAS – MTG/RS – 5ª Ed.:Tatu de Castanholas,
Roseira
– BAILE E BAILARES – João Carlos Paixão Côrtes: Queromaninha, Siriri, Vintee-quatro, Valsa de Mão-trocada, Chotes de Par Trocado, Chotes de Roda, Chotes do
Dedinho, Chotes Carreirinho, Chotes de Sete Voltas, Chotes dos Sete Passos, Chotes
Ponta e Taco, Mazurca Galopeada, Mazurca de Carreirinha, Havaneira marcada,
Graxaim, Sarna, Chorosa, Sarrabalho, Balão Caído, Chico sapateado, Vanerão
Sapateado, Chotes Inglês, Valsa do passeio, Faca Maruja, Jardineira, Tirana do ombro.
O concurso se divide nas seguintes categorias: Mirim, Juvenil, Adulta e Veterana.
Os grupos concorrentes deverão apresentar-se com no mínimo de 05 (cinco)
pares.
OS GRUPOS DE DANÇAS M I R I M E V E T E R A N O DEVEM
APRESENTAR 03 (TRES) DANÇAS DE LIVRE ESCOLHA, JÁ OS GRUPOS
JUVENIL E ADULTO DEVEM APRESENTAR 04 (QUATRO) DANÇAS DE LIVRE
ESCOLHA.
Não será permitido aos grupos de danças executarem DANÇAS de entrada e
saída.
Referente à indumentária merecerá a devida consideração à identidade da
roupa correspondente a cada característica e segmento, isto é, as peculiaridades do
vestir para as categorias Mirim, Juvenil, Adulta, Veterana e Biriva.
A Comissão Avaliadora concederá pontos de acordo com os seguintes quesitos:
a) Interpretação: …………………………………………..00 a 04 pontos;
b) Harmonia: ………………………………………………..00 a 02 pontos;
c) Coreografia:……………………………………………..00 a 02 pontos;
d) Interpretação musical, instrumental e vocal:….00 a 02 pontos;
e) Indumentária……………………………………………..00 a 01 ponto.
A indumentária valerá de 00 a 01 ponto para a premiação de
melhor indumentária por categoria e será avaliada de acordo com as obras:
O Gaúcho – Danças Trajes e Artesanato – João Carlos Paixão Côrtes.
Ponto e & Pesponto da Vestimenta da Prenda – João Carlos Paixão Côrtes e
Anotações de Marina Monteiro Paixão Côrtes.
A Moda Alinhavos & Chuleios – João Carlos Paixão Côrtes – Marina Monteiro
Paixão Côrtes.
Indumentária Gaúcha Dos Bailes Antigos aos Tablados – Giovani Primieri
DO CONCURSO DE DANÇA GAÚCHA DE SALÃO
O concurso de dança de salão será em categoria única. Para o concurso de
dança de salão o casal deverá apresentar:
1 dança de livre escolha entre: milonga e chote,
1 dança de sorteio entre: vanera, bugio, chamamé, marcha, rancheira e valsa.
Não terá descarte de dança.
As músicas poderão ser levadas em pendrive pelo par concorrente, com no
máximo 2:30 minutos de duração, caso o contrário disponibilizaremos as músicas.
A música de livre escolha será avaliada da seguinte forma:
a) Correção coreográfica:…………………………………00 a 03 pontos;
b) Interpretação artística:………………………………….00 a 03 pontos;
c) Ritmo e harmonia do par:……………………………..00 a 03 pontos;
d) Criatividade: ……………………………………………….00 a 01 ponto.
Já a dança de sorteio será avaliada da seguinte forma:
a) Correção coreográfica:………………………………….00 a 03 pontos;
b) Interpretação artística: ………………………………….00 a 03 pontos;
c) Ritmo e harmonia do par: ……………………………..00 a 03 pontos;
d) Dança em conjunto: ……………………………………..00 a 01 ponto.
DO CONCURSO DANÇAS BIRIVA DO TROPEIRISMO GAÚCHO
Deve-se escolher 2 (duas) danças entre as seguintes: Dança dos facões, Chico
do Porrete, Fandango primitivo e Chula
Cada grupo deverá contar com a participação de no mínimo 08 (oito)
dançarinos. Regulamento conforme os livros do tropeirismo biriva de J. C Paixão
Côrtes. Também será aceito o livro Tropeirismo Biriva história, canto e dança de
Cristiano Barbosa.
Serão avaliados os seguintes itens:
a) Correção coreográfica:……00 a 02 pontos;
b) Criatividade:…………………..00 a 02 pontos;
c) Harmonia conjunto:…………00 a 02 pontos;
d) Interpretação artística:……..00 a 03 pontos;
e) Correção Musical:……………00 a 01 ponto.
Parágrafo único: Respeitando toda a capacidade criativa que as danças permitem,
o tempo disponível para bailar estará limitado até 30 minutos, passando deste
tempo, a cada minuto que o grupo exceder perderá um ponto na média final,
incluindo levante, introdução musical e desenvolvimento coreográfico, etc, para as 2
(duas) danças.
DO CONCURSO DE DANÇA DE PAR
Cada entidade poderá inscrever no máximo 2 pares por categoria.
Cada par se apresentará de forma independente. O par deverá apresentar uma
dança de livre escolha, dentre as já citadas no concurso de danças tradicionais.
Os concorrentes da mesma entidade e da mesma categoria, não poderão
repetir dança, ou seja, os 2 pares mirim da mesma entidade deverão apresentar 2
danças diferentes, podendo elas serem dançadas por outros pares da entidade em
outras categorias.
A dança será avaliada da seguinte forma:
a) Correção coreográfica……………..00 a 05 pontos;
b) Interpretação artística………………00 a 05 pontos.
DO CONCURSO DE MAIS PRENDADA PRENDA
O concurso de mais prendada prenda será pelas seguintes categorias: Prémirim, Mirim, Juvenil, Adulta e Veterana.
Cada entidade poderá inscrever até 3 participantes por categoria.
Na prova artística, cada concorrente deverá escolher por duas modalidades
(danças tradicionais, declamação, canto, instrumento musical, relato de lenda).
Na manifestação verbal com duração de até 15 minutos, a candidata
escolherá o tema para discursar sobre folclore, tradição ou tradicionalismo.
A candidata deverá apresentar e confeccionar um artesanato, de sua livre
escolha.
A comissão avaliará as candidatas em um total de 100 pontos dividido da
seguinte forma:
a) Manifestação verbal…………………………………20 pontos
b) Prova artística…………………………………………20 pontos
c) Artesanato……………………………………………..20 pontos
d) Desenvoltura, comunicação e vocabulário….20 pontos
e) Postura e comportamento………………………..10 pontos
f) Indumentária………………………………………….10 pontos
DOS CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO – CAMPEÃO GERAL
Os critérios para eleger o campeão geral do X X Rodeio I n t e r n a cional do
C a v e r á , seguirão conforme as seguintes pontuações:
I.Somente concorrerá ao título de campeão geral do rodeio, as entidades que
pontuarem em pelo menos uma das danças tradicionais (grupo).
II. A entidade tradicionalista que premiar os concursos: Chula, Declamação,
Gaitas e Intérpretes, dança de salão, dança tradicional de par, em todas as
categorias somará na sua pontuação geral os seguintes pontos:
• 1°lugar: …………………….. 30 pontos
• 2°lugar: …………………….. 20 pontos
• 3°lugar: …………………….. 10 pontos
III. A entidade tradicionalista que premiar os concursos: Danças Tradicionais
Gaúchas: categorias mirim, juvenil, adulta e veterana, somará na sua pontuação
geral os seguintes pontos:
• 1°lugar: …………………….. 100 pontos
• 2°lugar: ………………………. 80 pontos
• 3°lugar: …………………….. ..70 pontos
• 4º lugar: ……………………….. 60 pontos
• 5º lugar: ……………………….. 50 pontos
IV. A entidade tradicionalista que teve participação em todas as modalidades
artísticas, somará na sua pontuação 100 pontos.
V. A entidade tradicionalista que ficar acampada no parque de rodeios, somará
na sua pontuação 100 pontos.
VI. A entidade tradicionalista que mais trazer doces para doação a crianças
carentes, somará na sua pontuação 100 pontos.
Os critérios de desempate seguirão da seguinte forma:
I. Maior número de primeiros lugares
II. Maior número de segundos lugares
III. Maior número de terceiros lugares
IV. Participação no maior número de modalidades
V. Soma das notas (média final da planilha) que computarão pontos (1º, 2º e 3º
nos individuais e 1º, 2º, 3º, 4º e 5º nas danças tradicionais).
DAS PREMIAÇÕES
Será premiado com troféu de 1º a 3º lugar em todas as modalidades e
categorias conforme abaixo:
I. CAMPEÃO GERAL – Troféu + 20 Cortesias para o parque aquático*
II. DANÇAS TRADICIONAIS
A) CATEGORIA: ADULTA
1° R$ 800,00 + Troféu + 10 Cortesias para o parque aquático*
2° R$ 500,00 + Troféu
3° R$ 500,00 + Troféu
B) CATEGORIAS: MIRIM / JUVENIL / VETERANA
1° R$ 500,00 + Troféu + 10 Cortesias para o parque aquático*
2° R$ 500,00 + Troféu
3° R$ 400,00 + Troféu

III. DECLAMAÇÃO – PRENDA / PEÃO
A) CATEGORIAS: MIRIM / JUVENIL / ADULTA / VETERANA
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
IV. INTÉRPRETE VOCAL – PRENDA / PEÃO
A) CATEGORIAS: MIRIM – JUVENIL – ADULTA
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
V. GAITA PONTO
A) CATEGORIAS: ATÉ 15 ANOS / ACIMA DE 16 ANOS
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
VI. GAITA PIANO
A) CATEGORIAS: ATÉ 15 ANOS / ACIMA DE 16 ANOS
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
VII. CHULA
A) CATEGORIAS: MIRIM /JUVENIL / ADULTA / VETERANA
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
VIII. DANÇAS BIRIVAS
1° Troféu + 5 fardos de cerveja lata.
2° Troféu
3° Troféu
IX. DANÇA TRADICIONAL DE PAR
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
X. DANÇA DE SALÃO DE PAR
1° Troféu
2° Troféu
3° Troféu
XI. MAIS PRENDADA PRENDA (TODAS AS CATEGORIAS)
1° Faixa de Mais prendada prenda do rodeio
*As cortesias para o parque aquático só poderão ser utilizadas no próximo ano (2025),
nas datas do próximo rodeio (XXI Rodeio Crioulo Internacional do Caverá) mediante
participação no mesmo com os grupos de dança da mesma categoria que ganhou.
Ex: O Campeão da categoria mirim do XIX Rodeio, deverá inscrever sua invernada
mirim no XX Rodeio para poder retirar as cortesias, valendo isso para todas as
categorias.
Da mesma forma o Campeão GERAL do XIX Rodeio deverá estar concorrendo a
Campeão GERAL no XX Rodeio para retirar as cortesias.
Com isso, os ganhadores de cortesias do XX Rodeio, deveram comparecer com a
respectiva invernada para retirar as cortesias no XXI Rodeio.

Compartilhe esse evento

478407
DD
dias
HH
horas
MM
min
SS
seg

Detalhes

Início:
7 março
Final:
10 março

Local

CTG CRIOULOS DO CAVERÁ
caverá country park
Araranguá, santa catarina 88911970 Brasil
Telefone
48 999854488
Ver site do Local

Organizador

CTG Crioulos do Caverá
Telefone
(48) 99985 4488